Brasil

Maranhense de 60 anos passa em vestibular após 36 anos tentando

Foram 36 anos tentando ser aprovada no curso de Pedagogia. Hoje, Ana comemora!

Publicada em 11/08/21 às 12:03h - 95visualizações

por PORTAL CAPITAL VERDE


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: ARQUIVO PESSOAL)

Foram 36 anos tentando aprovação no curso de Pedagogia. O sonho da maranhense Ana Maria Cabral, de 60 anos, em fazer faculdade bateu na trave várias vezes, mas ela nunca desanimou.

E foi em 2021 que ela, apoiada pelo filho, viu o nome entre os aprovados do curso que tanto queria, pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). E foi só comemoração.

“O curso de Pedagogia sempre foi um curso que eu desejei fazer, porque desde muito cedo eu gosto de ensinar. Isso fez com que eu optasse pelo curso e tive a sorte de receber muito incentivo da minha família. Eu não desisti do meu sonho”, conta Ana Maria.

Vestibular

“Eu tenho 60 anos. Tenho três filhos, vivo uma união estável há 13 anos”[…] No ano passado, meu filho fez a inscrição para o vestibular da UEMA”, disse Ana Maria, lembrando que nesse ano teve ela teve contratempos e quase não conseguiu fazer o vestibular.

“No dia da prova, eu cheguei em cima da hora. Errei a sala, cheguei uns três minutos antes da prova começar. Mas não achava que eu tivesse ido bem, mas quando meu filho me falou [do resultado], pareceu a melhor notícia do mundo”, disse a futura pedagoga.

Ela lembra que a rotina – como mãe, esposa e dona de casa – muitas vezes atrapalhou os estudos. Ana lia e estudava quando dava, porém, sempre com muita dedicação. O resultado veio logo depois.

“Minha rotina de estudo sempre foi pegando livro em casa, respondendo textos, lendo obras. Mas fazia quando conseguia, às vezes faltava tempo. Já aconteceu de eu estudar e acabar dormindo em cima do livro”, lembra.

Aprovação

Ana está muito feliz com a aprovação. Ela conta que se dedicará totalmente aos estudos e quer deixar a família ainda mais orgulhosa dos resultados dela na faculdade.

“Foi maravilhoso, eu não sabia se eu chorava, gritava, pulava, foi muito bom. É impressionante como a vida da gente muda de um dia para o outro. Minhas expectativas são as melhores possíveis, eu quero me esforçar pra ser uma das melhores alunas da turma”, disse.

Sabendo que muita gente acaba abandonando o sonho de fazer faculdade ao longo da vida, Ana Maria diz que o segredo é ter força para resistir, persistir e correr atrás.

“Mesmo se parecer impossível, continue, insista. Se eu não tivesse passado dessa vez, mesmo com 60 anos, eu iria tentar. Se fosse pra eu passar com 70 anos, eu ia passar, mas não ia desistir”, concluiu.

Com informações de Sua Cidade

Fonte: SÓ NOTICIA BOA




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (61) 99687 1652

Visitas: 2124899
Usuários Online: 8
Copyright (c) 2021 - PORTAL CAPITAL VERDE