Audiovisual

OSC Amigos do Futuro fará o próximo Festival de Brasília

Associação vence o edital de realização da 54ª edição do FBCB

Publicada em 22/07/21 às 11:44h - 101visualizações

por AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: CHICO NETO


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: CB.)

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) divulgou, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (21), o resultado final de classificação das propostas inscritas no edital para escolha da Organização da Sociedade Civil (OSC) encarregada de realizar a 54ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB), prevista para a primeira quinzena de dezembro, em formato virtual.  A Associação Amigos do Futuro foi confirmada como vencedora, depois do indeferimento de recursos.

“Mesmo em formato on-line por mais um ano, manteremos a tradição do evento e aproveitaremos a oportunidade de abrangência nacional que o virtual nos dá para fazer mais uma edição histórica”, explica a subsecretária de Economia Criativa e diretora executiva do FBCB, Érica Lewis. O secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues, reforça: “O Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, esse bem patrimonial do país, começa a agora a se preparar para mais uma edição singular”.

A Secec destina R$ 2 milhões ao evento deste ano. Serão selecionados filmes de produção brasileira, de preferência inéditos, entre curtas e longas-metragens das mostras Competitiva Oficial e Brasília. A Associação Amigos do Futuro terá de incluir na programação as mostras paralelas, rodas de conversas, atividades formativas e cerimônias de abertura e encerramento.

O festival

Patrimônio cultural do Distrito Federal, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro é o mais antigo encontro dedicado ao cinema nacional no Brasil. Realizado anualmente, é prestigiado por oferecer ambiente de encontro e conversas e participação de apreciadores e críticos – agentes responsáveis pela manutenção do audiovisual no país.

O evento nasceu em 1964, a partir da iniciativa do historiador e crítico Paulo Emílio Sales Gomes, responsável pelo primeiro curso superior de cinema da Universidade de Brasília. Até 1967, o encontro era intitulado Semana do Cinema Brasileiro. Em 2007, recebeu o registro de Patrimônio Imaterial pelo Governo do Distrito Federal.

Fonte: Agência Brasília.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (61) 99687 1652

Visitas: 2116205
Usuários Online: 2
Copyright (c) 2021 - PORTAL CAPITAL VERDE